.

.
Clique na imagem acima para acessar nossa nova página no Facebook e interagir com outros leitores e comigo

domingo, 3 de fevereiro de 2008

Uma Oração Eucarística Liberal Inspirada no Jesus Histórico

Deus esteja com vocês.

E com você também.


Abram seus corações.

Nós os abrimos a Deus.


Demos graças ao Deus de todos.

Assim fazê-lo é digno e justo.


Gracioso Deus de amor,

em quem vivemos, nos movemos e temos nossa existência,

oferecemos nosso louvor pelo dom de um mundo pleno de maravilhas

e por nossa vida que vem de ti.

Glória a ti para todo o sempre.


Damos nossas graças por Jesus, o carpinteiro, o filho de Maria,

o presente de Nazaré para todo o mundo.

Ele trouxe boas-novas aos pobres, aos famintos e àqueles que choram.

Ele nos mostrou como ver o céu com os olhos de uma criança.

Ele nos ensinou que todos os que pedem, recebem,

que todos os que buscam, encontram,

e que para todos os que batem, a porta será aberta.

Celebramos a alegre presença do céu,

como Jesus nos ensinou, aqui mesmo em nosso meio:

o tesouro escondido encontrado num campo,

a minúscula semente de mostarda e a pequena porção de fermento,

o pródigo que retorna,

e a ovelha perdida levada para casa pelo pastor.

Glória a Deus para todo o sempre.


Portanto, elevamos nossas vozes com toda a criação

para proclamar a glória de Deus:

Venham, alegrem-se em Deus; louvem-no toda a terra.

Sirvam seu Deus, sirvam seu Deus,

alegremente sirvam seu Deus!

Aleluia, aleluia,

alegremente sirvam seu Deus;

aleluia, aleluia,

alegremente sirvam seu Deus!


Cura nossa mundo e o que nos tornamos.

Isto oramos em nome de Jesus,

que curou enfermos e recebeu excluídos e pecadores à mesa,

e nos ensinou a orar pelo pão que precisamos para o dia.


Ajuda-nos a crescer em consciência e compaixão

para que removamos a trave de nossos próprios olhos

antes de tentarmos tirar o cisco no olho de nosso próximo.

Dá-nos a graça de amarmos nossos inimigos

e de encontrarmos perdão quando perdoamos.

Não permita que sejamos escravizados a nossas posses

e que percamos a vida tentando preservá-la.

Lava os cálices de nosso ser por dentro e por fora

para que possamos viver uma nova vida na presença do céu

e nunca mais reclamar da vida,

mas que possamos crescer como os lírios, adornados em glória.

Glória a ti para todo o sempre.


Todas as coisas vêm de ti,

e te damos do que é teu.

Abençoa agora estes dons

e nosso sacramento de louvor e ação de graças.

Que possamos comer este pão e beber deste cálice,

lembrando da vida e ensinos de Jesus.

Que possamos comer este pão e beber deste cálice,

lembrando de seu corpo e sangue.

Que possamos comer este pão e beber deste cálice,

lembrando da presença do céu.

Glória a ti para todo o sempre.


Gracioso Deus, que és a base de nosso ser,

cantamos teu louvor

por Jesus, nosso Mestre,

no poder do Espírito Santo

agora e para sempre.

Glória a ti para todo o sempre. Amém.


Postar um comentário