.

.
Clique na imagem acima para acessar nossa nova página no Facebook e interagir com outros leitores e comigo

terça-feira, 27 de março de 2012

Discernimento Espiritual - um pensamento de Clarke


“A Bíblia diz, e diz corretamente, que “as coisas espirituais são discernidas espiritualmente”. O homem tem vários órgãos pelos quais pode discernir várias realidades. Cada classe de realidades é discernida por meio de seu próprio órgão. Externamente, sabemos disso bem. Nunca esperamos ver com nossas mãos, ou cheirar com nossos ouvidos. Sabemos que não podemos fazer um cálculo de regra de três com nosso nariz, ou experimentar com nossa língua a correta tradução duma frase grega. Coisas visíveis, sabemos, são discernidas opticamente, pelos olhos; coisas audíveis são discernidas audivelmente, pelos ouvidos; coisas tangíveis são discernidas pelo toque; coisas lógicas são detectadas pela razão; emoções da alma são percebidas pela consciência; fatos históricos são relatados pela memória. Não negamos a existência de Júlio César por não podermos tocá-lo; nem a fragrância duma rosa por não podermos ouvi-la. Assim como não negamos a existência da esperança e do medo, do amor e do ódio, por não podermos percebê-los pelo sentido. Por quê, então, duvidar da realidade de coisas espirituais, já que devem ser discernidas espiritualmente?”

Rev. James Freeman Clarke (1870)
Postar um comentário