.

.
Clique na imagem acima para acessar nossa nova página no Facebook e interagir com outros leitores e comigo

sábado, 26 de julho de 2008

O Humanismo E Suas Aspirações

Manifesto Humanista III, um sucessor do Manifesto Humanista de 1933

O Humanismo é uma filosofia de vida progressista que, sem sobrenaturalismo, afirma nossa habilidade e responsabilidade em levar vidas éticas de satisfação pessoal que aspirem o bem maior da humanidade.

A postura do Humanismo - guiado pela razão, inspirado pela compaixão, e informado pela experiência - encoraja-nos a viver a vida bem e plenamente. Evoluiu no decorrer das eras e continua a se desenvolver por meio dos esforços de pessoas atenciosas que reconhecem que valores e ideais, independentemente de quão cuidadosamente sejam desenvolvidos, estão sujeitos à mudança com o avanço de nosso conhecimento e compreensões.

Este documento é parte de um esforço contínuo de manifestar em termos claros e positivos os limites conceituais do Humanismo, não o que devemos crer mas um consenso do que nós cremos. É neste sentido que afirmamos o seguinte:

O conhecimento do mundo deriva da observação, experiência, e análise racional.
Humanistas pensam que a ciência seja o melhor método para determinar esse conhecimento, assim como para resolver os problemas e para desenvolver tecnologias benéficas. Também reconhecemos o valor de novas orientações no pensamento, nas artes, e na experiência interior - todas sujeitas ao análise pela inteligência crítica.

Os humanos são parte integral da natureza, são o resultado de uma mudança evolucionário não-guiada.
Humanistas reconhecem a natureza como auto-existente. Aceitamos nossa vida como tudo e como suficiente, distinguindo as coisas como são das coisas como desejaríamos ou imaginaríamos que fossem. Recebemos os desafios do futuro, e somos atraídos e não intimidados por aquilo que ainda não sabemos.

Valores éticos derivam da necessidade e interesse humanos como testados pela experiência.
Humanistas baseiam valores no bem-estar humano moldados pelas circunstâncias, interesses, e preocupações humanas e extensos ao eco-sistema global e além. Estamos comprometidos a tratar cada pessoa como tendo valor e dignidade inerentes, e a fazer escolhas informadas em um contexto de liberdade consoante com a responsabilidade.

A satisfação de vida emerge da participação individual no serviço de ideais humanos.
Visamos nosso possível desenvolvimento mais pleno e animamos nossas vidas com um profundo senso de propósito, encontrando respeito e reverência nas alegrias e belezas da existência humana, seus desafios e tragédias, e mesmo na inevitabilidade da morte. Os humanistas confiam na rica herança da cultura humana e da postura do Humanismo para oferecer conforto em tempos de necessidade e encorajamento em tempos de abundância.

Os humanos são sociais por natureza e encontram sentido em relacionamentos.
Os humanistas desejam e se esforçam por um mundo de cuidado e preocupação mútuos, livre da crueldade e de suas conseqüências, onde as diferenças sejam resolvidas cooperativamente sem se recorrer à violência. A união da individualidade com a interdependência enriquece nossas vidas, encoraja-nos a enriquecer as vidas de outros, e inspira a esperança de paz, justiça, e oportunidade para todos.

Trabalhar para beneficiar a sociedade maximiza a felicidade individual.
As culturas progressistas têm trabalhado para libertar a humanidade das brutalidades da mera sobrevivência, e para reduzir o sofrimento, melhorar a sociedade, e desenvolver a comunidade global. Buscamos minimizar as desigualdades da circunstância e habilidade, e apoiamos uma distribuição justa dos recursos da natureza e dos frutos do esforço humano para que tantos quanto possível possam usufruir uma boa vida.

Humanistas se preocupam com o bem-estar de todos, se comprometem com a diversidade, e respeitam aqueles com opiniões diferentes. Esforçamo-nos para apoiar o usufruto igual dos direitos humanos e das liberdades civis em uma sociedade aberta e secular, e para afirmar que é um dever cívico participar no processo democrático e um dever planetário proteger a integridade, diversidade e beleza da natureza de forma segura e sustentável.

Assim engajados no fluxo de vida, aspiramos esta visão com a convicção informada que a humanidade tem a habilidade de progredir rumo a seus ideais mais elevados. A responsabilidade para com nossas vidas e para com o tipo de mundo no qual vivemos é nossa e unicamente nossa.



2003 Associação Humanista Americana
Postar um comentário