.

.
Clique na imagem acima para acessar nossa nova página no Facebook e interagir com outros leitores e comigo

domingo, 6 de março de 2011

Ser Cristão Hoje


Quando lemos as Escrituras, exercemos todos a função de intérpretes da grande e vasta tradição cristã. Isso ocorre no protestantismo, de forma mais ampla, mas isso também ocorre no catolicismo, já que mesmo que os oficiais da Igreja sejam os intérpretes da tradição (e as Escrituras estão inclusas aí), o indivíduo, em sua vida diária, interpreta seu mundo e sua tradição religiosa. Se o que escolhemos são aquelas linhas dogmáticas, preconceituosas, tribais, e violentas das Escrituras como sendo o cristianismo, essa é uma opção interpretativa individual (ou, em alguns casos, coletiva também), mas é apenas uma opção.

As Escrituras estão repletas de afirmações satisfatoriamente convincentes de que o espírito do cristianismo, a essência de nossa vasta tradição, não se resume a dogmas doutrinários, mas a um caminho de vida: um caminho de amor, perdão, compreensão, compaixão, serviço; uma caminhada com Deus, que só é possivelmente materializável quando se torna uma caminhada ao lado de nosso próximo.

Ser cristão hoje significa, em minha própria interpretação da tradição cristã, olhar para o mundo e trabalhar em seu processo de cura. Trabalhar para que as pessoas sejam livres: livres para pensarem o que quiserem, livres para serem quem são, livres para se tornarem melhores, livres para produzirem e usufruírem do que produzem. Significa que eu, como cristão, devo proteger e cuidar dos mais fracos: e dentre os mais fracos não estão apenas os mais pobres e os doentes; estão também aqueles que sofrem discriminação por não se encaixarem em um perfil esperado – os que tenham alguma limitação física ou mental, os que tenham uma orientação emociono-sexual diferente, etc; estão aqueles que cometeram erros no passado e estão dispostos a viverem uma nova vida.

Ser cristão hoje significa trabalhar para proteger o planeta no qual vivo – suas fontes de água, suas florestas, seus animais, seus oceanos, seu ar. Significa ser uma voz para os condenados por crimes que estão em cadeias onde não têm a chance de se regenerarem, onde não têm a mínima chance de alterar seu futuro, e de onde sairão, muitos deles, ou para voltar ao crime ou para enfrentar um mundo onde serão marginalizados e forçados às sombras.

Ser cristão hoje significa trabalhar por uma transformação na educação e saúde, por melhores oportunidades de autonomia sócio-econômica individual através do trabalho. Significa trabalhar para que as crianças e jovens de hoje tenham um futuro melhor, e para que os idosos tenham dignidade em sua vida hoje.

Ser cristão hoje significa estar ao lado da paz justa, incondicionalmente, e por ela trabalhar incansavelmente.

Essa é a única “verdade” religiosa a qual me submeto. Esse é o meu cristianismo. Esse é o meu credo.

Miqueias 6:8
Isaías 58:6-10
Mateus 7:12
Mateus 25:31-46
Romanos 12:10-21
Romanos 13:8-10
Tiago 1:26, 27
Tiago 2:17

+Gibson da Costa
Postar um comentário