.

.
Clique na imagem acima para acessar nossa nova página no Facebook e interagir com outros leitores e comigo

terça-feira, 27 de novembro de 2007

O Que Significa "Cristão Liberal"?




Muitas vezes tenho recebido mensagens de pessoas que não entendem muito bem o significado da expressão "cristão liberal". Muitas dessas pessoas visitam o sítio de nossa comunidade no Recife e ficam confusas com o uso desse termo lá, ou lêem alguns de nossos materiais e se deparam com a mesma dúvida do que esse termo signifique. Por esta razão decidi tentar esclarecer o que essa expressão significa.

"Cristão Liberal" é um termo geral usado para descrever qualquer membro de perspectivas liberais das muitas denominações protestantes, ou igrejas dentro de denominações, que vêem a Bíblia coma uma testemunha de Deus em vez de vê-la como a "palavra de Deus", que seja interpretada em seu contexto histórico através de análise crítica, e com uma ênfase nas afirmações de Jesus a respeito da paz, justiça, eqüidade, compaixão e amor.

Nós cristãos liberais vimos de muitas denominações - incluindo Associação Unitarista Brasileira, Episcopal Anglicana, Luterana, Metodista, Presbiteriana, Igreja Unida de Cristo, Discípulos de Cristo, e até mesmo Batista (apesar disto ser uma raridade no Brasil!). Desta forma, apesar de todos sermos cristãos liberais, não cremos todos nas mesmas coisas. Por exemplo, crenças variam de simbólicas à literais em Jesus Cristo como encarnação de Deus. A maioria crê que as narrativas bíblicas sejam basicamente simbólicas, que Deus criou as leis científicas e os processos fundamentais do universo e de toda vida (por exemplo, Evolução), que são continuamente reveladas pela ciência moderna. Cremos em Deus, fé, ciência e evolução.

A maioria de nós não acredita que a humanidade tenha herdado o "pecado original" de Adão e Eva ou que Satanás realmente exista. Mas cremos que Deus seja bom e tenha feito as pessoas inerentemente boas - e nisto, cremos em livre arbítrio e reconhecemos nossa natureza imperfeita, o que leva algumas pessoas a escolherem comportamentos imorais, ilegais, e até mesmo maus. Enquanto possamos discordar a respeito de escolhas individuais no tangente a aborto, homossexualidade, etc, somos tolerantes para com as escolhas e decisões pessoais de outros. Além do mais, aceitamos e apoiamos a vigência da lei moderna, do contrato social, e do sistema de governo democrático, e somos também guiados por nossos valores morais liberais cristãos em nossas vidas diárias e em nossas escolhas individuais.

Como cristãos liberais, temos como sagrados os ensinos básicos e imutáveis de Cristo - como definidos em seu Sermão da Montanha - como a base primária, central, verdadeira, suficiente, e atrativa de toda a compreensão e conduta corretas para os cristãos liberais. Isso significa que o que é mais importante é como demonstramos nossa fé e conduzimos nossas vidas aqui e agora na Terra. Muitas de nós crêem que nossa salvação esteja no realizar boas obras e não ferir a ninguém, independentemente da crença.

Nós afirmamos um Jesus liberal, compassivo, perdoador, amoroso e justo.

Rev. Gibson da Costa
Congregação Unitarista de Pernambuco
Postar um comentário